rio reveste

Com Drywall, é mais fácil construir, manter e reformar

O consumidor não familiarizado com o drywall, o sistema construtivo que substitui as paredes internas de tijolos ou blocos nos edifícios mais modernos, você não imagina como essa tecnologia tornou tudo mais fácil. Construir, reformar e efetuar serviços de manutenção é simples, rápido e limpo com drywall, além de apresentar uma qualidade de acabamento muito superior. É por isso que esse sistema, que chegou ao Brasil há apenas dez anos e é usado também em forros e revestimentos, é o preferido há mais de um século nos Estados Unidos e há mais de 70 anos na Europa.

O drywall é um sistema de montagem construtiva, bem mais avançado do que a construção tradicional que todos conhecemos, que é demorada, gera grande quantidade de desperdícios e entulho e é predominantemente artesanal, exigindo grande habilidade principalmente dos pedreiros.

Vantagens

Rapidez – A construção com drywall é muito mais rápida. Por isso, é o sistema ideal na hora de reformar ou ampliar. Por exemplo: em um apartamento, um novo dormitório pode ser construído em apenas dois dias, incluídas nesse prazo não só as paredes, mas todas as instalações, a porta e a pintura. Outro exemplo: a eliminação de um dormitório e a ampliação de uma sala é feita com a mesma rapidez e com o mínimo de sujeira.

Manutenção fácil – Se surgir um vazamento de água em uma parede de alvenaria, o remédio é quebrá-la com uma talhadeira e uma marreta e achar o ponto do cano que precisa ser reparado. Quem já passou por essa experiência sabe o tempo que demora e o transtorno que causa em termos de barulho e sujeira. Com drywall, a solução é muito simples: localizado o ponto com vazamento, recorta-se uma “janela” na parede com um serrote de ponta, faz-se o conserto da tubulação e, em seguida, utiliza-se o pedaço de chapa recortado para fechar a abertura. Para completar, faz-se o acabamento das bordas do recorte com massa especial para tratamento de juntas.

Entenda o sistema

O que é drywall – Drywall é uma expressão em inglês que significa “parede seca”, ou seja, que não necessita de argamassa para a sua construção, como ocorre com a alvenaria. A parede drywall é composta por uma estrutura rígida formada por perfis, nos quais são parafusadas as chapas de gesso especiais para esse sistema.
Paredes para diferentes finalidades – Dependendo da sua finalidade, a parede pode ser montada com perfis mais largos, receber mais de uma chapa de cada lado e ainda ser complementada com lã de vidro ou lã mineral no seu interior, para melhorar o seu isolamento acústico ou térmico. Além disso, os perfis já saem de fábrica com perfurações para permitir a passagem de fios, tubulações, etc.

Para cada uso, um tipo de chapa – As chapas também variam segundo a necessidade. Existem chapas para uso geral, resistentes à umidade, resistentes ao fogo, de alta dureza, acústicas e ainda flexíveis, que permitem a obtenção de superfícies curvas.
Acabamento – Depois de prontas, podem receber qualquer tipo de acabamento. Forros e revestimentos – O sistema drywall também é usado em forros, em substituição às tradicionais plaquetas de gesso, e em revestimentos de paredes, colunas, vigas, caixas de escadas, etc.